sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Honoráveis Bandidos!

Expressão criada por Karl Marx, HONORÁVEIS BANDIDOS é o título da obra que acabei de ler. Autoria de Palmério Dória, traz "um retrato do Brasil na era Sarney" (que é, também, o subtítulo da obra). O resumo da ópera é: este livro deveria ser leitura obrigatória no Ensino Médio e Superior.
O banditismo imposto pelo Sr. Sarney e seu bando é algo impensável a nós, pobres mortais. De um cara que já tem pronto até mesmo seu mausoléu, dentro de uma obra pública, não se pode esperar nada de muito bom. A podridão que envolve seu reinado é das mais pútrefas que se pode imaginar.
Fiquei muito triste por ver o nome do Senador Álvaro Dias no livro. Não cheguei a me decepcionar, pois ele não é nenhum santo; porém, envolvido com o Sarney, isso chateou. É podridão demais.
Outra obra de leitura obrigatória é O Chefe, de Ivo Patarra (disponível para leitura online em http://www.escandalodomensalao.com.br/). Se Honoráveis Bandidos conta a história do Sarney, O Chefe conta a do Lula, também com todas as suas podridões. É interessante notar que as duas obras convergem: ambas mostram o envolvimento e as ligações entre estes dois personagens.
Enfim, recomendo as duas leituras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário